Fale Conosco

Blog

A sua empresa está preparada para se relacionar com uma startup?

Sua empresa preparada para relacionar com uma startup.

Inovar todo mundo quer. Seja nas reuniões ou no happy hour, você já deve ter ouvido falar sobre uma empresa que lucrou muito ao se relacionar com uma startup. Neste mercado competitivo, ficamos atentos a notícias como essas, e, se ainda não aconteceu, não vai demorar muito até que gestores e diretores comecem a bater na sua porta, perguntando por que o seu negócio ainda não está buscando soluções em parcerias com startups.

Mas calma, antes de investir uma grana alta nessa onda, é importante se questionar: de como você pode preparar o seu negócio e montar um relacionamento sucesso com uma startup? Neste artigo, vamos discutir os benefícios e os desafios dessas parcerias e como sua empresa pode crescer mais ainda com uma colaboração startup-indústria. Confira!

Quais são as vantagens de se relacionar com uma startup?

Você conhece o seu negócio, sabe enumerar os processos de trás pra frente e já cortou gastos em todos os cantos que encontrou. E agora?

Uma visão externa pode ser a solução. Startups são formadas por profissionais que buscam encontrar frestas no mercado, a fim de explorar esses oceanos azuis para atingir crescimento exponencial. Guiar o foco de uma startup em direção às necessidades do seu negócio pode ser a injeção de novas ideias e soluções inovadoras que a sua empresa precisa para se manter competitiva.

Além disso, o fato de o seu negócio estar estabelecido no mercado o deixa estagnado numa mentalidade lean – que busca crescimento horizontal, aumento da eficiência e corte de gastos. Sendo assim, o direcionamento para processos enxutos, muitas vezes, vai entrar em conflito direto com investimentos exuberantes em inovação interna.

E são estes dois motivadores, a renovação de perspectivas e a necessidade de reduzir riscos, que tornam a parceria entre startups e indústrias tão interessante para os dois lados. No entanto, para que tudo dê certo, ainda é necessário a estruturação correta dessa parceria.

Administradores conversando sobre se relacionar com uma startup.

Como fazer dar certo?

Como comentamos, existem grandes diferenças entre a sua empresa (já estabelecida no mercado) e uma startup. Saber enxergar essas diferenças e lidar com elas é o primeiro passo para uma colaboração de sucesso entre startups e indústrias.

Defina as responsabilidades logo de cara

Um plano bem estruturado é a chave para o sucesso de todo negócio. Você sabe disso e agora está na hora de passar esse conhecimento adiante. Um bom planejamento, feito no início da parceria, é o que vai guiar esse relacionamento por todo o caminho e, por isso, merece bastante atenção.

Comece definindo um modelo que seja interessante para as duas partes, estipule as metas e objetivos da parceria e, principalmente, os desafios a serem ultrapassados para que vocês cheguem lá. A divisão de papéis também tem de ser negociada para evitar conflitos e desentendimentos futuros.

Dê liberdade, mas não demais

O seu negócio precisa da ajuda de startups para inovar porque é muito restrito para aceitar riscos. É importante não passar essa rigidez adiante, tentando controlar os seus parceiros, afinal, o propósito é exatamente deixar que a startup tenha liberdade para criar e desenvolver soluções. Então, é necessário paciência.

Ao mesmo tempo, é importante ter cautela, já que startups são negócios um tanto inexperientes e precisam de mentoria para não cometerem erros administrativos e de projeto. Um jeito simples de resolver esse problema é buscar aceleradoras, como a Spin, na hora de selecioná-las para parceria. As aceleradoras já preparam as startups para o universo empresarial, por meio de coaching e estruturação de projetos e servem de mediadores no relacionamento delas com as empresas.

Crie oportunidades para o sucesso

Ninguém é obrigado a ser seu parceiro. O importante é que as duas partes se sintam valorizadas e recebam benefícios pela colaboração.

Algumas empresas tentam diminuir a participação das startups no sucesso alcançado, considerando que “nada” teria sido possível sem o incentivo e investimento que fizeram. Elas esquecem que, apesar de menores, as startups têm potencial para crescimento exponencial e, inclusive, algumas delas acabam ficando maiores do que players tradicionais do mercado.

Acima de tudo, encontre uma parceira que tenha um alinhamento de ideais semelhante ao seu. Novamente, aqui, as aceleradoras podem ser uma mão na roda para ajudar a encontrar a startup perfeita para trazer soluções que o seu negócio nem sonhava precisar.

Se você achou este artigo útil, aproveite para conhecer nosso blog e site e, também, nos acompanhe nas mídias sociais! Por lá, postamos novidades do universo empreendedor todos os dias.

Beny Fard Escrito por Beny Fard

CEO da Spin