Fale Conosco

Blog

Startups de sucesso podem destruir o seu negócio?

Vivemos em um mundo dinâmico, em que tudo parece mudar cada vez mais rápido — principalmente o mercado. De fato, novos produtos, novos serviços, novos modelos de negócios e novas formas de trabalhar estão sempre surgindo e em constante evolução. Por isso, toda empresa que queira continuar crescendo precisa estar atenta a esse mundo de inovação.

Mas, se você sente que nem sempre é fácil ficar por dentro de tantas novidades, saiba que nem sempre a inovação tem a ver com grandes e abruptas mudanças. Ela diz respeito muito mais com a mentalidade de estar aberto a novas experiências, testando novos produtos ou mesmo em uma nova forma de organizar o negócio.

Nesse contexto, saiba que as startups de sucesso podem ensinar muito. Se você busca por soluções inovadoras para criar diferenciais competitivos para o seu negócio, veja como elas contribuem para a evolução das grandes empresas e como podem ser sua aliada!

As startups de sucesso são minhas concorrentes?

Uma startup de sucesso pode deixar qualquer empreendedor desconfiado. Será que elas podem arruinar o meu negócio? Como lidar com esse tipo de concorrente?

Primeiramente, é preciso compreender que, para sobreviver nesse mundo de inovação, mesmo as grandes empresas precisam abrir-se para o novo. É justamente essa capacidade de adaptação às mudanças que faz um negócio evoluir e se tornar mais produtivo e competitivo.

A inovação pode se manifestar tanto na tecnologia aplicada aos produtos e serviços, quanto na cultura organizacional. Assim, uma empresa também precisa se adequar a novas formas de trabalhar, gerir e se organizar. Com a mente aberta, o empreendedor verá que as startups de sucesso podem ser aliadas, e não concorrentes, trazendo mais ganhos do que ameaça para o seu negócio.

Isso se dá porque as startups são fundamentais no processo de inovação orientada ao mercado e, por isso, acompanhar seu desenvolvimento pode ser muito frutífero para as grandes empresas. Algumas corporações incentivam, inclusive, o intraempreendedorismo inovador, isto é, a criação de lideranças e startups dentro da empresa.

O benefício para o negócio é mútuo: enquanto as emergentes inovam e propõem soluções criativas, as grandes dão suporte e acesso às tecnologias, oferecendo escala para elas testarem suas ideias e produtos.

Por sua vez, as startups servem como um laboratório de ideias para as empresas já estabelecidas, que podem, dessa forma, experimentar sem se arriscar tanto. O resultado é uma rica troca de aprendizado, de modo que, juntas, agem transformando o mercado e a sociedade.

Ao observarmos a relação de grandes empresas com startups, o que tem valor é muito mais a viagem (aprendizado) do que o destino (solução).

Veja ainda como as grandes empresas podem aprender com o espírito inovador das startups de sucesso!

O que as startups têm a ensinar para grandes empresas?

Com a postura inovadora e criativa das empresas nascentes, as grandes corporações podem aprender e testar um novo modelo de gestão, baseado em conceitos como:

  • Hierarquia horizontal, que incentiva a profunda conexão entre os colaboradores e o bem-estar no ambiente de trabalho;
  • Liderança transformadora, que estimula igualmente a voz ativa de todos os funcionários;
  • Equipe atualizada com as novas tecnologias, para aperfeiçoar os métodos de trabalho e otimizar os processos;
  • Ambiente de trabalho inovador, que estimula a criatividade dos colaboradores;
  • Flexibilidade e simplicidade no modelo de gestão, evitando burocracias e procedimentos trabalhosos que dificultam a implementação de ideias;
  • Abertura para experimentações, sem medo de errar e com grande capacidade de resiliência.

Vale destacar outro importante ensinamento das startups de sucesso: o modo de lidar com o cliente. Enquanto muitas das grandes corporações entendem, apenas na teoria, que o cliente é peça fundamental de um negócio, as startups realmente fazem isso na prática.

Com isso, criam uma legião de consumidores fiéis por meio de uma comunicação direta, uma interação mais próxima e sem barreiras e uma escuta atenta ao feedback do cliente.

Portanto, o cenário atual do mercado mostra que é visível a necessidade de mudar o modo de fazer negócios, rever conceitos e se inspirar no caráter inovador e criativo das startups de sucesso.

Olhando para essas empresas não como concorrentes, mas como colaboradoras, é possível fazer seu negócio evoluir e trazer um diferencial competitivo, colocando-o à frente no mercado!

Leia também sobre a simbiose entre startups e corporações, no artigo do nosso mentor Antonio Cesar da Silva.

Benyamin Fard Escrito por Benyamin Fard

CEO da Spin