Fale Conosco

Blog

6 coisas que você precisa investir no seu negócio

Começar uma empresa não é nada fácil. De acordo com o IBGE, de cada 10 empresas no Brasil, 6 acabam fechando antes de completar 5 anos. Enquanto o cenário empreendedor no Brasil ainda luta para viver gerando valor e criando novas oportunidades, mesmo sem tantos incentivos, muita gente tenta ir em frente nessa jornada.

As razões para justificar essas constantes falhas podem ser difíceis de pontuar uma por uma, pois há muitos fatores que podem interferir na falência de uma empresa. Entretanto, uma variável em especial é a que mais chama a atenção: falta de investimento.

Ou seja, se você não tem dinheiro suficiente para investir, então o seu empreendimento provavelmente irá morrer em breve.

Nesse sentido, separamos 6 coisas que você precisa investir no seu negócio se pretende ter uma ideia de sucesso.

Administradora utilizando dicas para investir no seu negócio

6 coisas que você precisa investir no seu negócio

1) Design

O investimento em design é muito necessário se você busca pelo sucesso da sua empresa. A maioria dos pequenos negócios subestima essa área, principalmente no aspecto gráfico dos seus produtos, porque muitos entendem que não é importante.

Mas isso não é verdade. Pesquisas revelam que grande parte da atenção que o consumidor dá ao seu produto é em função da própria logo do projeto. Por exemplo: um bom website é um ótimo cartão de visita para que essa impressão cause boas vendas.

E você pode fazer isso investindo em algum serviço com boa reputação, principalmente considerando a consultoria de alguma empresa da área e não apenas pedindo ao seu sobrinho dicas sobre PowerPoint, sendo ele alguém sem competências para isso.

Afinal, o design envolve a criação de uma logo, cartões de visitas, app para celulares e o que for mais importante em relação ao branding da sua empresa. Todas essas coisas exigem um investimento financeiro, caso você queira que a sua pequena empresa tenha sucesso e uma boa reputação com os seus clientes e outros negócios como uma empresa de destaque.

2) Marketing

Lincado com a dica anterior, trabalhar o marketing da sua empresa é outro fator importante para você investir. Evite fazer você mesmo, caso não tenha a qualificação mais adequada para isso. E também não contrate o seu melhor amigo por um preço superbaixo só porque ele é barato e/ou é seu amigo.

Ou seja, o marketing é essencial para o sucesso do seu negócio, especialmente se você está atuando em áreas de negócios nas quais já existem ofertas similares, como alta concorrência de produtos e serviços.

O marketing inclui conhecimento sobre o público-alvo do seu produto, garantindo que a publicidade do seu negócio é relevante e acessível para esse tipo de público, e se o seu produto é coerente e consistente na personalidade que transmite. Essas ações irão maximizar as vendas do seu negócio e dar um foco para o seu time de design.

3) Tecnologia

Outro fator importante para investir no seu negócio é a tecnologia. Todo mundo sabe o quanto ela é fundamental na vida moderna, mas poucos sabem da importância para o próprio empreendimento. É necessário destinar uma verba para investir na área tecnológica, caso contrário, a receita da sua empresa poderá estar condenada.

E isso inclui uma série de diferentes coisas para o seu negócio. Para enviar mensagens instantâneas, programas como o WhatsApp, para organizar documentos online, programas como o Drive ou o Dropbox, além de pequenos sistemas de relacionamento, como o Podio, ou para controle de conteúdo/processos, com o Pipedrive. Todos têm uma grande possibilidade de resultar em melhor produtividade da sua força de trabalho.

Entretanto, dois outros aspectos em relação à tecnologia são importantíssimos para os seus clientes:

Boa cobertura de celular

Sabemos que temos alguns perrengues no Brasil quando o assunto é telefonia móvel. Portanto, certifique-se de que o seu cliente poderá lhe encontrar da forma mais simples e acessível possível.

Site

Ele não precisa ser construído apenas para agradar aos olhos do seu cliente, mas também deverá ser um espaço para informações importantes da sua empresa, com institucional, área para contato, “sobre”, blog, além de uma descrição clara dos produtos/serviços oferecidos, termos de serviço, recebimento, segurança online, etc. Se o seu site falhar nesses pontos, então você perderá clientes e reputação.

Sendo assim, não despreze a importância de um bom investimento nos recursos tecnológicos que estão disponíveis atualmente. Há boas opções de baixo custo e outras até gratuitas. Você e a sua empresa não se arrependerão disso.

4) Conselhos jurídicos

Muitos pequenos negócios falham por não darem ouvidos aos conselhos jurídicos que tanto poderiam auxiliá-los na jornada empreendedora. Muitos justificam como um gasto desnecessário. Bom, querendo ou não, aconselhamento jurídico, nos dias atuais, mais do que nunca, é extremamente importante para o sucesso do seu negócio.

Com um bom escritório de advocacia, você pode se proteger contra problemas potencialmente perigosos no seu mercado de atuação. Isso inclui escrever e rever bons contratos, garantindo que você não viole nenhuma lei na sua empresa, e também permitirá uma mediação em conflitos bem realizada.

Logo, a importância de ter um serviço assim por perto é indiscutível. Com uma assessoria jurídica bem-feita, você estará com as costas seguras quanto a qualquer problema futuro e ainda evitará que a sua empresa quebre antes mesmo de ter a chance de alcançar o futuro.

Administrador utilizando as dicas jurídicas para investir no seu negócio

5) Contabilidade

Contabilidade é outro ponto delicado que muita gente evita se preocupar, mas que faz toda a diferença no dia a dia – especialmente se você tem alguma dificuldade com dinheiro.

Ao contratar uma contabilidade, você otimiza o seu negócio, principalmente em relação a questões burocráticas, como impostos, licenças, taxas, contratos, documentos, etc., sem mencionar que a contabilidade também poderá auxiliar na gestão financeira em si, permitindo ainda mais crescimento ao seu negócio.

Isso inclui gerir pagamentos para colaboradores, diminuir o tempo gasto com tarefas burocráticas, que um contador faria para você, e controlar eventuais custos variáveis que poderiam paralisar um pequeno negócio.

Se você desconsiderar a importância desse tipo de investimento, desperdiçará dinheiro ao invés de poder investir em outras áreas – como os pontos que já mencionamos anteriormente.

6) Seguro

Esse item pode parecer muito óbvio para você, mas entenda que investir o seu dinheiro em uma boa cobertura de seguro para o seu pequeno negócio fará uma boa diferença.

Muitas pessoas desconsideram essa opção, falando que não é necessário até que o negócio esteja em algum estágio mais maduro de investimento, como com algum fundo específico, smart money ou um novo sócio. Sinceramente, é bem real essa questão, principalmente para pequenos negócios como os nossos. Se você for um MEI, por exemplo, talvez um seguro não seria uma obrigação para você.

A questão é que investir em seguros poderá salvar o seu planejamento de grandes imprevistos — seja algum desastre natural, incêndio ou até mesmo devido a algum seguro desemprego de um colaborador, etc.

De forma geral, você precisa investir no seu pequeno negócio em vários aspectos se quiser fazer ele crescer diariamente. Por aqui, esse dilema é constante e todo investimento é feito com a expectativa de retorno por meio dos nossos produtos e serviços.

A principal questão deste post é que, sem um investimento adequado do seu capital, você se mostrará pouco profissional e responsável, perderá mercado operando algo ineficiente e acabará com uma baixa reputação.

Se você ainda resiste em mapear esses investimentos para a sua empresa, reconsidere o fator sucesso do seu negócio. Provavelmente, sem investimento, as chances serão menores.

Rodrigo Pacheco Escrito por Rodrigo Pacheco

Head de Educação